Reumatologistas do HSPE realizam live sobre espondilite anquilosante no dia 31 de maio

Transmissão ocorre no Facebook do Iamspe e dará esclarecimentos sobre diagnóstico e tratamento

As reumatologistas Sonia Loduca e Rina Dalva Giorgi do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) realizam nesta segunda-feira, 31 de maio, às 17h, a live “Espondilite anquilosante: tudo o que você precisa saber”. A transmissão ocorrerá no perfil do Facebook do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe). O objetivo é esclarecer as principais informações sobre o diagnóstico, tratamento e características da espondilite.
De acordo com a responsável pelo ambulatório de espondiloartrites do HSPE, Dra. Sonia Loduca, a espondilite anquilosante é uma doença reumática que pode começar com sintomas leves num primeiro momento. “Às vezes, os primeiros sintomas são uma dor lombar ou nas juntas. Esse desconforto, muitas vezes, é deixado de lado ou mascarado pela automedicação, o que torna mais longa a procura pela assistência médica provocando o agravamento da doença”, enfatiza.

A espondilite anquilosante é mais frequente em adultos jovens do sexo masculino, com idade entre 17 e 37 anos. A doença é diagnosticada com base em exames clínicos, raios-x e análise do histórico do paciente. A reumatologista Dra. Rina Dalva Giorgi do HSPE explica que a espondilite é crônica e que, apesar de não ter cura, pode ser tratada para que os efeitos da inflamação possam ser minimizados. “O uso correto de anti-inflamatórios e a prática regular de exercícios físicos reduzem as dores e aumentam a qualidade de vida desses pacientes”, explica a médica.

Fonte: A4&Holofote Comunicação

Instituto Eluar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.