Projeto Acreditar

Um projeto que acredita na transformação pela beleza, pela arte, pela cor.

Pensamos no quanto é importante para o paciente chegar para se tratar e encontrar um ambiente alegre, feliz, com a vibração de quem proporcionou a ele a arte estampada nas paredes, impregnadas de alegria, orgulho e satisfação. Pensamos no quanto essa energia é percebida, até de forma inconsciente, pelos pacientes durante as sessões sempre tão bem montadas, pensadas e construídas pelas instituições sérias que dedicam suas histórias a construir o melhor para esses queridos pacientes.

Às vezes, o paciente ao longo de sua jornada vai se esvaziando de brilho, de amigos, de vida social e de certezas e, em algum momento, chega a nem sentir falta da tal felicidade, de tão nebuloso que tudo ficou.

São tantos exames, consultas, cuidados, efeitos colaterais, desafetos e desilusões que acometem a vida de um paciente de doença crônica, que essa pessoa, lá no fundo, já nem sabe mais quem era antes de tudo acontecer.

Estes processos, difíceis, porém administrados e absorvidos pelos adultos, também acometem as crianças, e pensando nelas foi que escolhemos esta linguagem de comunicar o amor. São crianças que são acometidas pelas enfermidades crônicas, que expressam o que sentem com dificuldade, porque os pais, por mais dedicados que sejam, não conseguem entender de fato o que elas sentem, porque nunca viveram nada parecido. Às vezes a criança recebeu a medicação, mas continua com dores ou sintomas, os pais chegam a desacreditar que mesmo depois de tudo os sintomas ainda estão ali, a atormentar e tirar o sossego daquele serzinho tão especial. A criança tem limitações físicas ou alimentares (ou outras ainda), mas tem irmãos, primos e amigos e quer brincar com eles, quer estar no passeio organizado pela família e na hora H ela percebe um ataque dos seus sintomas. Você acha que é fácil dizer que não vai poder ir? Ou que está mal, sabendo que o passeio será cancelado e que ela terá que carregar esta “culpa”? A realidade deles é outra, mas pesa tanto quanto a nossa, dos adultos.

Você pensou no fato de que estas crianças se tornarão adolescentes e nesta fase os impulsos sexuais começarão a surgir? Pois bem, para eles a iniciação sexual será mais difícil do que é para os demais, porque terão que, além de tudo, vencer as barreiras causadas pelas patologias – dor, manchas na pele, deformidades, entre outras complicações. Não será fácil. É preciso atenção e cuidado nessa fase.

Pensamos neles e em suas dificuldades, na sua inclusão em um mundo “radical”, jovem e alegre que existe lá fora e que eles querem e ao qual podem muito bem pertencer. Foi por isso que escolhemos o Grafite, porque é uma arte que por si só traz tudo isto, é extremamente inclusiva e moderna, é uma arte que mexe com a autoestima dos pacientes. Porque é muito mais legal chegar na escola e falar que ele trata de um probleminha de saúde em um lugar MANEIRO, cheio de Grafites que o artista Binho Ribeiro fez para ele e que nesse lugar eles poder tirar muitas selfs, e vão postar nas redes sociais e vão contar histórias. Nós acreditamos que este efeito – somado aos atendimentos, medicamentos e terapias –, terá uma efetiva melhora de qualidade de vida para esses seres tão especiais e queridos.

O ACREDITAR crê que o efeito da arte no paciente faz com que ele melhore ainda mais. Se em cada instituição que o ACREDITAR entrar nós extrairmos sorrisos, teremos cumprindo o nosso propósito, de vida!


Instituto Eluar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.