Pacientes com doenças reumáticas autoimunes estão no grupo prioritário para vacinação contra a Covid-19

Assim que os maiores de 60 anos receberem a primeira dose da vacina contra a covid-19, os pacientes com doenças reumáticas autoimunes entre 18 anos e 59 anos deverão ser imunizados contra a doença. A Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) destaca que essas pessoas foram incluídas no grupo prioritário para vacinação contra o novo coronavírus, dentre os descritos com comorbidades. Neste grupo estão portadores de artrite reumatoide, espondiloartrites, artrite psoriásica, lúpus, a esclerose sistêmica (esclerodermia), síndrome de Sjögren, miopatias inflamatórias e as vasculites.

“Pacientes reumáticos podem apresentar problemas de imunidade por causa da  enfermidade ou pelo uso de medicamentos imunossupressores ou imunobiológicos. Por isso, têm potencialmente maior predisposição para apresentar as formas mais graves do covid-19 e  precisam ser protegidos”, enfatiza o presidente da SBR, Dr. Ricardo Xavier.

Os pacientes pertencentes a esses grupos poderão pré-cadastrar-se no Sistema de Informações do PNI. Aqueles que não tiverem sido pré-cadastrados poderão apresentar qualquer comprovante que demonstre pertencer a um destes grupos de risco: LME, relatório médico, prescrição médica etc. Adicionalmente, poderão ser utilizados os cadastros já existentes dentro das Unidades de Saúde.

A SBR orienta pacientes com doenças reumáticas autoimunes, que fazem uso de medicamentos imunossupressores, a esclarecer dúvidas sobre a vacinação contra a covid-19 com seu médico. Desta forma, o reumatologista poderá avaliar o melhor momento para a imunização, levando em consideração a idade do paciente, o quanto a doença está ativa, as medicações em uso e as enfermidades associadas.

A entidade afirma que, mesmo vacinado, o paciente deverá manter as medidas de proteção, como o uso de máscaras faciais, o distanciamento social e a higienização das mãos, até que se possa avaliar a real proteção da conferida pela vacina e sua capacidade de conter a pandemia.  Paralelamente, a SBR recomenda que os pacientes reumáticos sejam imunizados contra a gripe e a doença pneumocócica.

Mais sobre a SBR – A Sociedade Brasileira de Reumatologia é uma associação civil científica, sem fins lucrativos, que tem por objetivo promover o desenvolvimento científico e da especialidade no Brasil. A SBR é responsável pela certificação de especialistas em reumatologia, área médica que engloba quase 120 doenças inflamatórias crônicas. É filiada à  AMB – Associação Médica Brasileira que,  em 2018, outorgou à  SBR certificado de boas práticas em gestão. Para mais informações, acesse o endereço www.reumatologia.org.br


Instituto Eluar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.