Hei de vencer essa guerra em mim contra mim mesma!

Meu corpo desistiu, mas minha alma luta, e luta com todas as forças para continuar de pé. Mesmos com pés cansados, mãos enrijecidas, mesmo com todas as feridas, minha alma grita por vida! Eu hei de vencer todos os desafios e pedras que as limitações do meu corpo colocarem no meu caminho. Hei de vencer essa guerra em mim contra mim mesma, sou forte, sou guerreira!

Meu corpo desistiu de mim, mas eu não desisto dele, vou lutar até o último suspiro, mas derrotada não me sinto. Há uma força maior que me mantém de pé, essa força chamada vontade de viver, desejo de ser feliz, essa força ninguém me tira, esse grito ninguém cala!

Eu quero, eu consigo, eu sou capaz, todos os dias esse mantra soa na minha mente, não vai ser diante das dificuldades que vai ser diferente! Cada lágrima, cada dor, cada dificuldade só me faz mais forte e determinada, já não tenho medo de mais nada, não há mais dor, doença ou mágoa que me apaga.


Dayane Ferreira de Melo

Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 9 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.