SOCIEDADE BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA ESCLARECE DÚVIDAS DE PACIENTES DE DOENÇAS REUMÁTICAS SOBRE O COVID-19

A Sociedade Brasileira de Reumatologia acaba de iniciar a publicação, em seu site, de série de notas com esclarecimentos sobre COVID-19, para pacientes de doenças reumáticas, sobre prevenção e recomendações sobre uso de medicamentos e procedimentos.  As doenças reumáticas  formam um grupo de mais de 120 doenças e parte de seus pacientes fazem uso de medicamentos imunossupressores ou imunobiológicos e, por isso, podem ter potencialmente maior predisposição para apresentar formas  graves do Covid–19, a infecção causada pelo novo coronavirus. As respostas podem ser acessadas em  www.reumatologia.org.br/covid-19/ e em suas redes sociais Facebook (@sbreumatologia), Instagram (@sociedadereumatologia) e Twitter (@SBR_Reumato).

”Cientes da preocupação gerada nos nossos pacientes com doenças reumática frente à pandemia do coronavírus,  nós  preparamos uma série de esclarecimentos com base nas dúvidas mais frequentes de nossos pacientes.  Esses materiais são atualizados à medida que novos fatos surjam”, explica o presidente da SBR, Dr. José Roberto Provenza.

A Sociedade Brasileira de Reumatologia, que completou 70 anos de atividades em 2019, é uma associação civil científica, sem fins lucrativos, que tem por objetivo promover o desenvolvimento científico e da especialidade no Brasil. Hoje, conta com cerca  de 2 mil associados, distribuídos em 24 sociedades regionais estaduais e mantém assessorias e comissões científicas por áreas de especialidade, além de representações em associações médico-científicas nacionais e internacionais e junto ao Ministério da Saúde. A SBR é responsável pela certificação de especialistas em reumatologia, área médica que engloba quase 120 doenças inflamatórias crônicas. É filiada à  AMB – Associação Médica Brasileira que,  em 2018, outorgou à  SBR certificado de boas práticas em gestão.


Instituto Eluar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.